Rota Esportiva

Com líderes inalterados, ranking da Fifa traz Peru fora do top 10 e Suíça em alta
Postado em: 23/11/2017 - 13:03 Atualizado em: 23/11/2017 - 13:20 Publicado por: Rota Esportiva
Primeira lista divulgada após definição dos 32 classificados para a Copa do Mundo tem quedas de França e Inglaterra. Fora do Mundial, Itália ganha uma posição.

Os 15 primeiros colocados do ranking da Fifa de novembro (Foto: Reprodução)

A Fifa divulgou nesta quinta-feira a edição de novembro de seu ranking mundial, o primeiro depois da definição dos 32 classificados para a Copa do Mundo do próximo ano. Embora não tenha qualquer alteração entre os cinco primeiros colocados, a lista traz mudanças no top 10, com destaque para a saída do Peru do seleto grupo - mesmo após garantir o retorno ao Mundial após 36 anos - e a entrada da Suíça.

A Alemanha segue na primeira colocação, com 1602 pontos, seguida pelo Brasil, com 1483. Portugal, Argentina e Bélgica fecham o top 5, exatamente igual ao da edição de outubro. As alterações começam com a chegada da Espanha ao sexto lugar, depois de ganhar duas colocações, empurrando a Polônia para sétimo.

 

A Suíça subiu três posições e chegou ao oitavo lugar - o que se tivesse ocorrido um mês antes faria da seleção europeia uma das cabeças de chave da Copa, no lugar da França, que caiu para nono, perdendo duas colocações. O Chile, que também caiu uma posição, encerra a relação dos 10 primeiros colocados, seguido do Peru, que agora saiu de 10º para 11º.

Outro destaque do ranking é a ascensão da Dinamarca, que ganhou sete colocações e chegou a 12º na lista, seguida pela Colômbia. Apesar de não ter se classificado para a Copa do Mundo, a Itália ainda ganhou uma posição, ficando em 14º, seguido pela Inglaterra, que perdeu três colocações e vem em 15°.

Como a pontuação é calculada

A fórmula para chegar à pontuação é complicada e leva em consideração os jogos das seleções nos últimos quatro anos. Os últimos 12 meses valem 100%, enquanto a cada ano o peso cai para 50%, 30% e 20%, respectivamente. É a soma das médias de pontos de cada 12 meses que resulta nos pontos atuais de cada país no ranking.

Para cada jogo, a Fifa usa a seguinte fórmula para definir quantos pontos o time ganhou:

P= R x I x S x C

As letras significam:

P = pontuação no ranking

R = pontos pelo resultado do jogo

I = importância da partida (eliminatórias, amistoso...)

S = força da seleção adversária

C = força da confederação continental

Os critérios da Fifa são:

R = vitórias (3 pontos); empate (1 ponto) e derrota (zero);

I = Copa do Mundo (4 pontos); Copa das Confederações ou principal torneio de cada confederação (3 pontos); eliminatórias para Copa do Mundo ou para principal torneio de cada confederação (2,5 pontos); e amistosos (1 ponto);

S = o valor 200 é atribuído a todas as seleções. O líder do ranking vale 200. Para achar o coeficiente (S) de outras equipes, o valor é subtraído da colocação do time naquele momento. Equipes abaixo da 150ª posição valem sempre 50 pontos;

C = cada confederação tem um coeficiente: Conmebol (1); Uefa (0,99), Concacaf, AFC, CAF e OFC (0,85).

Fonte: globoesporte.

Outras Fotos: